Daiane Rodrigues Flores

Câncer de mama – Porto Alegre – RS

23 Daiane Rodrigues

Aos 36 anos em meio a um final de câncer da minha tia materna descobri a doença. Meu mundo desabou… incertezas, medo, angústia… senti todos os tipos de sentimentos misturados… Junto à minha família e amigos comecei a quimioterapia dia 10 de fevereiro de 2019. Ainda falta um longo caminho, mas vitória certa!!! Hoje tenho mais fé do que medo tenho, mais certezas que incertezas. Tenho enjoos e náuseas, é muito difícil mas faz parte e é suportável!!!! Deus não dá uma cruz que não podemos carregar, não é? Me despeço com a seguinte frase: Andar com fé eu vou, que a fé não costuma “faiá”!!!